Museu Escola - Unesp Botucatu /SP
DSTs

sexo_TreponemaPallidum.jpg
http://pt.wikipedia.org/wiki/Treponema_pallidum

SÍFILIS 

 

Sinônimos:  Lues

AgenteTreponema pallidum (bactéria)

 

Conhecida também como Lues, é causada por uma bactéria espiroqueta Treponema pallidum que penetra no corpo através das mucosas da vagina, anus e da boca. Outra forma de contágio é a mulher doente e grávida contaminar o seu bebê.   A doença quando não tratada evolui em três fases:

sexo_sifilis_treponema_small_small.jpg

Fase 1) Começa com uma discreta lesão (pequena ferida) nos órgãos genitais (pênis, vulva, vagina, colo uterino), que não causa dor, não dói e nem coça. É uma lesão única que aparece 20 a 30 dias após a relação sexual contaminante. Esta pequena lesão é chamada de Cancro Duro, que desaparece espontaneamente após aproximadamente 1 mês.

http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/imagepages/17266.htm

sifilis_sec_small.jpg

Fase 2) Se a pessoa ainda estiver sendo tratada, depois mais ou menos 10 dias do aparecimento do cancro duro, surgem caroços nas virilhas (as ínguas). Fica algum tempo (30 dias) sem manifestações, para então aparecerem manchas avermelhadas na pele, parecendo uma alergia, porém com uma diferença: não coçam. Daí então, a doença evolui com aparecimento eventual de alterações na pele e mucosa, principalmente ao redor dos órgãos genitais.

http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/000854.htm

sifilis_terc_small.jpg

Fase 3) Depois de 1 a 2 anos de evolução a doença entra a fase de latência (ausência de manifestações no corpo). Nesse período pode haver cura espontânea (imunológica) ou então o indivíduo ser levado para a fase tardia da doença, principalmente com lesões no coração e cérebro.

http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/imagepages/8955.htm

As mulheres grávidas e contaminadas podem abortar ou gerar bebês com graves problemas, se não tratadas convenientemente durante a gestação. As crianças contudo podem nascer aparentemente sadias, porém contaminadas com a bactéria.Existe um exame de sangue (sorologia) que serve para fazer o diagnóstico e controlar a cura da doença. O importante é que este exame só fica positivo após 50 dias do contato sexual contaminante e sua negativação, em muitos casos, só ocorre vários meses após o tratamento. Em algumas pessoas, este exame pode ficar positivo (em concentração muito baixa) por toda vida, mesmo depois da cura completa da doença. É sempre necessário orientação do médico, pois só ele sabe interpretar os resultados de sorologia para Sífilis.

 

 

 

mundo_mouse.jpg

Para saber mais sobre a sífilis:

 

Vídeo Campanha de prevenção da sífilis

Programa Nacional de DST e AIDS do Ministério da Saúde

Manual de Bolso das DSTs (em pdf). Baixe o arquivo.

 

Como citar:

Autores: Camila Contin Diniz de Almeida Francia,
Data Publicação: 00/00/0000
Página: http://museuescola.ibb.unesp.br/subtopico.php?id=2&pag=8&num=1&sub=65